Ça (tradução)

Original


Zazie

Compositor: Philippe Paradis / Zazie

A gente esquece os endereços
Como as pessoas que nos magoam.
A gente esquece sem cessar.
Os dias de aniversário e as nossas chaves, as obrigações; a gente os perde.
A gente esquecerá as correntes de nossas vidas que se arrastam.
A gente esquece mesmo assim.
Mas há uma alternativa que nos permanecerá fiel.

Os olhos, a voz, as mãos, as palavras de amor: isso permanece.
O dia e a hora, a pele, o odor, o amor: isso permanece.
É ainda forte,
Está morto, de acordo.
Mas isso não se esquece,
Não se esquece, isso;
A gente não esquece.

Eu esquecerei esse mês de agosto, no qual eu tive que fazer o percurso sem você.
Sem dúvida,
Eu esquecerei minha derrota e o sonho que se detém.
Eu talvez esquecerei.
Eu penso ainda em qualquer coisa e isso não explica.
Não se explica.

Teu olhos, tua voz, tuas mãos sobre mim: isso sempre permanece.
O dia e a hora, tua pele, o odor, o amor: isso permanece.
É ainda forte,
Está morto, de acordo.
Mas isso não se esquece,
Não se esquece, isso;
Eu não me esqueço.

Os olhos, a voz, tuas mãos sobre mim, as palavras de amor: isso permanece.
O dia e a hora, a pele, o odor; o amor está aqui.
A gente não esquece.

Os olhos, a voz, tuas mãos sobre mim, as palavras de amor:
Isso permanece.
A gente não esquece.
Isso não se esquece.

O dia e a hora, a pele, o odor; o amor está aqui.
A gente não esquece.
Isso não se esquece.

Os olhos, a voz, tuas mãos sobre mim, as palavras de amor:
Isso permanece.
A gente não esquece.
Eu não te esqueço.

O dia e a hora, a pele, o odor; o amor está aqui.
A gente não esquece.
Eu jamais te esquecerei.

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital